O governador Ronaldo Caiado, ao lado da presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, anunciou a abertura de 5 mil vagas do Programa Aprendiz do Futuro, nesta quinta-feira (29), em evento no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia


Fotos: Lucas Diener.

O projeto do Governo de Goiás, desenvolvido por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), tem como objetivos a promoção da inclusão social, aumento na renda familiar, melhoria na qualidade de vida e garantia da permanência do jovem na escola.

Os adolescentes selecionados serão contratados para aprendizagem profissional em órgãos estaduais e passarão por cursos de qualificação técnica, voltada ao mercado de trabalho, e terão o desempenho escolar acompanhado. Além do pagamento do programa, no valor de R$ 516,66, eles terão direito a vale-alimentação no valor de R$ 150, vale-transporte, 13º salário, seguro de vida e uniforme.

Para Caiado, a iniciativa evidencia uma mudança de cenário no Estado de Goiás quando o assunto é a atenção aos jovens que buscam a primeira oportunidade profissional. "O programa tem que ser educativo e profissionalizante. Temos que dar oportunidade a esses jovens", ressaltou o governador.

Caiado defendeu ainda a missão do programa de promover apoio àqueles que realmente precisam do Governo do Estado. "Serão 5 mil jovens que estariam excluídos da possibilidade de serem bons profissionais; que não teriam esperança de galgar uma posição melhor e ter uma condição de vida melhor", declarou ao defender o propósito de transformação do futuro.

Ao mencionar o processo multidimensional para a seleção dos beneficiários do programa, a primeira-dama Gracinha Caiado defendeu que o Governo do Estado está "no caminho certo para cuidar das pessoas". "É a certeza da mão do Estado estendida àqueles que realmente precisam", reforçou. Ao falar sobre os critérios para a escolha dos bolsistas, a primeira-dama lembrou que a atenção aos vulneráveis está acima de questões partidárias. "O governador Caiado faz política com os políticos e olha que ele é bom nisso. Agora, quando nós falamos em apoio social, o importante é o resultado. Não podemos fazer política com as pessoas que tanto esperam a mão estendida e apoio do governo", endossou.

Durante a solenidade, Caiado anunciou também a entrega de 5 mil tablets para todos os jovens que participarão do Aprendiz do Futuro. O Governo de Goiás garantiu 4 mil equipamentos e a Rede Nacional de Aprendizagem Promoção Social e Integração (Renaspi), parceira do Programa, mais mil unidades. Além disso, os participantes que apresentarem melhor desempenho serão contemplados com bolsas de estágio, na modalidade de intercâmbio na Espanha.

Vale lembrar que as inscrições do programa começam no próximo domingo, 1º de agosto, e seguem até o dia 15 do mesmo mês. O projeto contemplará menores de 14 e 15 anos, dos 246 municípios goianos. "Temos a responsabilidade de dar aos jovens condições mínimas de qualidade de vida", frisou Caiado.

Contratação
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social, Wellington Matos de Lima, o Aprendiz do Futuro chega com uma nova proposta. "O objetivo é oferecer oportunidades com incentivo aos estudos e à capacitação. Vamos auxiliar o dia a dia desses jovens, mas vamos também consolidar um futuro de sucesso", comemorou.

Já o vice-governador Lincoln Tejota ressaltou o fortalecimento das políticas sociais no Governo do Estado que, hoje, tem programas reais para "acolher as pessoas mais carentes". "O que estamos entregando para esses jovens não é uma vaga de trabalho, estamos entregando uma perspectiva de um futuro diferente", afirmou.

A presidente da Renaspi, Raquel Barbosa, enalteceu a iniciativa governamental de incluir os jovens no mercado corporativo. "Goiás está saindo na frente. Não é apenas a realização de um trabalho social, mas um legado que vai alcançar inúmeras famílias diretamente e indiretamente", defendeu.

"Investir nos nossos jovens, no futuro do nosso Estado, é aplicar os recursos com responsabilidade", salientou o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira, ao expor que, em ações como esta, percebe-se que o Governo, sob a condução de Caiado, está "atento às necessidades da população".

O deputado estadual Henrique Arantes afirmou que vê o estabelecimento do programa "com esperança" e reconheceu que a proposta resulta da condução eficiente da gestão. "O Estado está sim avançando e tendo capacidade de investir, vocês fizeram gestão bem feita para que os recursos sejam aplicados em programas como este", frisou.

Qualificação Técnica
O Aprendiz do Futuro visa ainda contribuir para a formação e qualificação técnico-profissional destas pessoas. Por isso, os cursos oferecidos estão entre as principais demandas do mercado e as disciplinas escolares básicas, como português e matemática, serão reforçadas.

Segundo dados apresentados pelo secretário de Desenvolvimento Social, Wellington Matos de Lima, houve um crescimento do número dos jovens que trabalham e não estudam de 18% para 22%. "É importante ressaltar que a crise econômica afetou também o envolvimento escolar desses jovens. Nosso papel é construir uma ponte entre o momento de dificuldade e a recuperação tão esperada. E não há ponte melhor que oportunidade", finalizou.

Prestigiaram o lançamento do programa os secretários de Estado Bruno D'Abadia (Administração) e Tony Carlo (Comunicação); os presidentes  Rivael Aguiar (GoiásFomento), Haroldo Naves (Federação Goiana dos Municípios – FGM – e prefeito de Campos Verdes) e Carlão da Fox (Associação Goiana dos Municípios – AGM –  e prefeito de Goianira); o prefeito de Anicuns, Paulo César  Nascimento; o vice-prefeito de Anicuns, Domingos Valadão; e o vice-presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Sampaio.
Compartilhar:

Paulo Melo

Comente:

0 comentários