A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) participou, na última sexta-feira (20/8), de reunião de revisão do marco regulatório para uso de recursos hídricos superficiais na bacia do rio São Marcos, que abrange áreas do Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais

Foto: Ana Célia.
 
A proposta está sendo construída pela ANA, em parceria com órgãos gestores das três unidades da Federação que integram a bacia: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa); Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad/GO); Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM); e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad/MG).
 
Estiveram presentes no encontro o diretor-presidente da Adasa, Raimundo Ribeiro, o diretor de área, Vinícius Benevides, o diretor Jorge Werneck, e o superintendente de Recursos Hídricos, Gustavo Carneiro, além de representantes de todas as entidades envolvidas.
Compartilhar:

Renata Chimiti

Comente:

0 comentários