Terracap licita concessão de terreno, em São Sebastião, para operar aviões de pequeno porte; direito de exploração será de 30 anos

Fotos: Miguel Gonzaga.

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) lança a licitação de Concessão do Aeroporto Executivo de Brasília. O edital foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quinta-feira (30) e pode ser conferido na íntegra no portal da agência: www.terracap.df.gov.br. A concessão dará ao licitante vencedor o direto de superfície do aeroporto por 30 anos, renováveis por igual período, com liberdade de operação.

A oportunidade é considerada única quando se trata de investimento em aviação executiva. A estrutura atual do aeroporto, localizado em São Sebastião, na denominada "Área Isolada Cava de Cima" nº 03 – Rodovia DF- 251 – conta com pista para aeronaves de categoria 2B e mais de 90 hangares construídos em uma área de 2,7 milhões de m².

A estrutura atual do aeroporto, localizado em São Sebastião, na denominada "Área Isolada Cava de Cima" nº 03 – Rodovia DF- 251 – conta com pista para aeronaves de categoria 2B e mais de 90 hangares construídos em uma área de 2,7 milhões de m²

No centro geográfico do país, o espaço tem potencial para ser transformado em um grande hub. Somente no último ano, o aeródromo registrou cerca de 5 mil pousos e decolagens diurnamente. A operação pode, ainda, ser expandida para 24 horas e haver a instalação de tráfego aéreo próprio.

A concessão permitirá à concessionária grande possibilidade de atuação, desde a expansão de hangares e nova estrutura de pista. Para atender com excelência as aeronaves executivas, outros empreendimentos podem ser propostos para o local, como terminal de apoio para passageiros e tripulantes, lojas de conveniência, hotelaria e até um heliponto para conectar usuários a outros destinos da capital federal.

Ainda há previsão de centro de treinamento, manutenção de aeronaves e a possibilidade de abrigar as forças de segurança do DF no espaço.
Os interessados têm 90 dias para encaminhar a documentação referente ao certame à Terracap. Os licitantes precisam apresentar quatro envelopes contendo: Documentação de Credenciamento; Proposta Comercial; Documentação de Habilitação; e Garantia de Proposta. A outorga total mínima é de R$ 8,6 milhões.

Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail cplic@teracap.df.gov.br
Compartilhar:

Paulo Melo

Comente:

0 comentários