Pesquisa do Instituto Fecomércio-DF confirmou o crescimento das vendas no varejo durante o Dia das Mães deste ano. De acordo com o levantamento, o comércio vendeu 16,17% a mais que no ano passado. Para 86,8% dos entrevistados, as expectativas com relação à data comemorativa foram alcançadas, sendo que mais da metade dos lojistas entrevistados (57%) disse ter faturado acima do esperado. Outros 35,80% atestaram que as vendas foram de acordo com a projeção. Apenas 7,2% avaliaram negativamente o desempenho



A pesquisa pós-vendas mostrou dados bem próximos do levantamento feito antes da data. O valor do ticket médio passou de R$ 254 (expectativa) para R$ 246 (efetivo) – leva queda de 3,2%. Quanto às formas de pagamento, o cartão de crédito confirmou a previsão de maior adesão pelos consumidores, com 83,2%. Outros 16% decidiram pagar no cartão de débito e apenas 0,8% liquidaram a dívida por meio de dinheiro ou PIX.

O estudo indicou ainda que 74,6% dos lojistas utilizaram alguma estratégia de vendas.  Esse percentual teve um leve crescimento quando comparado com a expectativa de 73,52% medida na pesquisa pré-vendas. Entre as estratégias, a visibilidade da loja foi a mais utilizada (23,09%), seguida pela promoção (20,69%). Ainda foi perguntado se os lojistas acreditavam que as estratégias de vendas foram eficazes, dos quais 95,17% responderam afirmativamente.

A grande maioria dos comerciantes (77,20%) manteve os preços exercidos. Outros 22,80% aumentaram. O indicador da variação média de preços apurou um aumento de 10,68% ou seja, o aumento nos preços foi ligeiramente maior do que o esperado, que era de 9,33%. As justificativas dos lojistas para o reajuste foram repasse ao fornecedor (85,84%), aumento do dólar (10,62%), aumento de impostos (3,54%).

"Os índices de pré e pós-vendas ficaram muito próximos. Isso demonstra que nossas pesquisas captam o impacto do consumo sazonal na nossa economia e nos permite subsidiar o empresariado local no planejamento de melhorias para os seus negócios e tomadas de decisões", avalia José Aparecido.

Metodologia
Os dados foram coletados entre os dias 11 e 19 de maio de 2022. A abordagem aos lojistas, estrategicamente direcionada aos diretores e gerentes, deu-se de forma telefônica, compreendendo uma amostra de 500 empresas de diferentes segmentos, concentradas em várias regiões do DF.

Para garantir um resultado mais fidedigno possível, a pesquisa pós-vendas foi aplicada no mesmo campo amostral utilizado para a pesquisa sobre a expectativa de vendas para o Dia das Mães, realizada em março de 2022.

O principal objetivo da segunda medição, sempre realizada após a data comemorativa, é apurar o resultado das vendas efetivamente alcançadas para subsidiar estudo comparativo entre as expectativas registradas e as vendas realmente concretizadas.
Compartilhar:

Paulo Melo

Comente:

0 comentários